A diversidade é a nossa identidade. A arte é nossa ação. A pesquisa é como nós co-criamos a transformação.

People’s Palace Projects é um centro de pesquisa em artes baseado no Departamento de Drama da Queen Mary University of London. Reunimos uma gama diversificada de artistas, ativistas, acadêmicos e públicos para se envolver com questões de justiça social por meio do poder das artes no Reino Unido, no Brasil e além.

Intercâmbio Indígena e Ação Climática
Intercâmbio Indígena e Ação Climática O coração deste trabalho está nos Territórios Indígenas da Amazônia brasileira. Apoiamos o intercâmbio cultural entre artistas, ativistas e acadêmicos indígenas e não indígenas. Nossas colaborações nos levaram à Bienal de Veneza 2021, Glasgow Science Centre, Tate Modern, Horniman Museum ... Read more
Resistência e Transformação
Resistência e Transformação Desde projetos sobre migração no Sul Global, até trabalhos contra preconceitos, racismo e discriminação contra jovens desfavorecidos no Reino Unido, todo o nosso trabalho nesta área visa resistir e transformar o que de outra forma nos separa. Read more
Criatividade e Saúde Mental
Criatividade e Saúde Mental O envolvimento em atividades culturais melhora o bem-estar e a saúde mental, principalmente para as pessoas à margem da sociedade. Nossos projetos de pesquisa nessa área visam entender os impactos desse engajamento, desenvolver novas abordagens e compartilhar conhecimento globalmente. Read more
Valor Cultural e Herança
Valor Cultural e Herança O nosso trabalho nesta área visa compreender e avaliar todo o potencial criativo, social e económico das organizações artísticas locais, medindo o valor da cultura e do património para além dos números. Read more

Kamukuwaká VR: Visitando uma Caverna Sagrada

Proporcionando ao povo indígena Wauja a experiência de visitar seu Xingu mais sagrado por meio da realidade virtual.

Read more

Raízes da resiliência: ameaças da mineração ao patrimônio cultural e ao clima

Um projeto de pesquisa colaborativa avaliando os impactos culturais e ambientais da mineração em Minas Gerais, uma região histórica do Brasil.

Read more

Construindo as Barricadas

O projeto de pesquisa internacional Construindo as Barricadas investigou o impacto do conflito armado e da violência urbana na saúde mental e no bem-estar de 140 mil pessoas que vivem no Maré, o maior complexo de favelas do Rio de Janeiro, que enfrenta múltiplos fatores de estresse e é, em sua grande maioria, controlada por traficantes armados e milícias locais.

Read more

Respeito devido – Museu da Cor

O Museu da Cor responde à ameaça que a pandemia representa ao seu patrimônio com uma experiência de galeria única.

Read more